Propensão dos portugueses para comprar em máximo de 16 anos

consumidores-aumento.jpg

A propensão dos portugueses para comprar atingiu o valor mais elevado dos últimos 16 anos, conclui o recente estudo “Consumer Climate” da GfK, que avança que este indicador alcançou os 13 pontos no terceiro trimestre deste ano, atingindo um máximo histórico desde 2001. Comparativamente ao segundo semestre de 2016, a subida é de 8,9 pontos, e de 29,6 pontos face a igual período do ano passado.

O clima positivo regista-se igualmente a nível europeu. Entre julho e setembro, diversos países da União Europeia mantiveram ou a melhoraram a posição no indicador “Propensão para comprar”, com os consumidores a manterem uma tendência de subida, assinalando-se 20,9 pontos no terceiro trimestre.

Os resultados do "GfK Consumer Climate Europe" derivam de um inquérito realizado aos consumidores conduzido a pedido da Comissão Europeia em todos os Estados-membros da União Europeia, e contou com a participação de aproximadamente 40 mil pessoas dos 28 países todos os meses, representativas da população adulta da União Europeia.