​Millenials preferem produtos naturais, frescos e orgânicos

iStock-682646734.jpg

A geração dos Millenials, que em Portugal representa cerca de dois milhões de consumidores portugueses (19,2%), preocupa-se cada vez mais com a alimentação.

A conclusão é do estudo "Tendências de Consumo: Geração Y- Millennials", realizado pelo Agrocluster Ribatejo recentemente, que afirma que 84% dos inquiridos reforçaram o consumo de frescos e refere ainda que os jovens têm igual preferência por produtos naturais e orgânicos.

A investigação determina que esta geração cortou no consumo de carne desde há três anos (58% dos inquiridos) e são consumidores atentos às promoções, constatando-se que 85% dos jovens procuram artigos de folheto ou em promoção.

O fator conveniência é valorizado nas decisões de consumo, o que leva a um aumento do consumo de refeições pré-preparadas. Segundo o estudo, esta é uma geração que terá “um impacto cada vez maior na indústria do consumo e nos padrões alimentares”.

O estudo "Tendências de Consumo: Geração Y- Millennials", foi baseado em 5.000 entrevistas a millennials de Portugal, Espanha, França, Inglaterra e Estados Unidos.