APED participou no Omnichannel Retail Show

Ominichannel.jpg.png

Acompanhar as tendências do setor do retalho e contribuir para o debate sobre o seu futuro foi o objetivo da participação da APED no “Omnichannel Retail Show”, que decorreu nos dias 25 e 26 de março, na FIL, em Lisboa, e no qual a associação esteve representada pelo diretor-geral, Gonçalo Lobo Xavier, e pelo coordenador da área de assuntos jurídicos, Diogo Galhoz.

Um dos assuntos em análise foi a evolução e o desenvolvimento dos marketplaces nacionais. Este é um tema de relevância para a APED, dada a sua cada vez maior representatividade na área do comércio online. Neste sentido, Gonçalo Lobo Xavier liderou o debate, enquanto moderador de uma mesa-redonda, que contou com a participação de relevantes players nesta área.

Para conversa o diretor-geral da APED levou diversas questões, tais como: quais as vantagens e desvantagens deste modelo de negócio; que barreiras a ultrapassar junto do consumidor; que alterações legislativas sobre comércio online ainda são necessárias; o que distingue os marketplaces nacionais dos internacionais; que desafios traz a nova era de competitividade e crescimento.

O contributo da APED estendeu-se também ao painel “O Consumidor na Era da Omnicanalidade”, em que participou Diogo Galhoz e no qual destacou o importante trabalho desenvolvido junto dos associados no que diz respeito à proteção do consumidor.

“A APED tem promovido o debate sobre este tema com importantes contributos em matéria do quadro normativo e legal”, sublinhou o coordenador da área de assuntos jurídicos da associação, que exemplificou ainda o empenho diário colocado nestas questões: “analisamos e respondemos às questões das empresas, divulgamos legislação, realizamos ações de formação e partilhamos informação relevante sobre o assunto”.

Com a participação neste evento, a APED dá continuidade à sua missão de analisar, estudar e debater a evolução do setor em prol do consumidores.