Notícias

Limitar acesso aos espaços comerciais é incompreensível para a saúde pública

09-11-2020

A APED considera incompreensível para a saúde pública e injusto para o setor a limitação de circulação nos próximos dois fins-de-semana nos 121 concelhos com maior risco de contágio de Covid-19.

Em declarações à Agência Lusa, o Diretor-Geral da APED, Gonçalo Lobo Xavier, defendeu que “hoje, pensar que limitar o acesso aos espaços comerciais é limitar a pandemia, é errado”. Sublinhando que, no atual contexto, os consumidores planeiam as suas compras e demoram pouco tempo nos espaços comerciais, Gonçalo Lobo Xavier deu conta da dificuldade do setor em compreender esta medida, quando os dados da Direção-Geral de Saúde apontam que é no contexto familiar e social que há maior disseminação da doença e não há disseminação nos espaços comerciais.

“Esperemos que nos próximos dois fins-de-semana, com estas limitações, não tenhamos constrangimentos com filas à porta”, alertou Gonçalo Lobo Xavier, reafirmando o apelo ao Governo para que aumente o número de pessoas permitido por cada 100 metros quadrados nas lojas.